Após reabertura, movimento em ônibus da cidade de SP fica estável

Uma semana depois de reabrir todos os comércios classificados na fase 2 do plano de retomada econômica, a cidade de São Paulo manteve a mesma taxa de passageiros nas linhas de ônibus municipais em todos os dias úteis compilados desde o dia 11 de junho, quando os shoppings voltaram a funcionar na capital.

Segundo dados do boletim diário de mobilidade e transportes produzido pela CET (Companhia de Engenharia e Tráfego) e SPTrans (São Paulo Transporte), o número estimado de passageiros transportados se manteve em 1,3 milhão em cada um dos dias, com exceção do fim de semana. A estimativa é produzida a partir da análise do número de viagens realizadas por dia, coletado diariamente pela SPTrans.

A mesma demanda foi registrada nos dias 10 e 9 de junho, quando a capital permitiu a reabertura do comércio de rua e de imobiliárias. As duas primeiras categorias abertas na cidade foram as concessionárias de veículos e escritórios, a partir do dia 5.

Por mais que a taxa se mantenha estável, a aglomeração nos ônibus da capital paulista continuaram a ocorrer durante a semana passada, o que resultou na exoneração do secretário de Transportes, Edson Caram. Na sexta-feira (19), a prefeitura voltou atrás na determinação de que os passageiros estejam sentados, e recomenda somente que os motoristas evitem a superlotação e que transportem os passageiros com distância segura.

Número de viagens de ônibus por dia em São Paulo

Quinta-feira (11)- 3.110.854

Sexta-feira (12) – 3.379.818

Segunda-feira (15) – 3.515.499

Terça-feira (16) – 3.423.010

Quarta-feira (17)- 3.530.673

Isolamento social na cidade
Taxas estáveis
A tendência de estabilidade também é observada nas taxas de isolamento social da cidade: desde o dia 11, os índices se mantiveram entre 46% e 48% nos dias úteis da semana.

Quinta-feira (11) – 48%
Sexta-feira (12) – 47%
Segunda-feira (15) – 48%
Terça-feira (16) – 48%
Quarta-feira (17) – 47%
Quinta-feira (18) – 46%

Deixe comentário

× Fale com a Showtime